• 15 Abr 2015

O céu é o limite para quem se dedica à Ciência da Computação, garante programador

Com média salarial inicial de R$2.000 - maior que a média brasileira, de R$1.500 - o começo de uma carreira em Ciência da Computação já é recompensadora, afirmou o Gustavo Cunha, o palestrante dessa quarta-feira (15) do Em Contato com o Mercado.

" Eu já soube de vaga com remuneração de R$15.000", afirmou o engenheiro de software para os alunos que pretendem cursar  Ciência da Computação, mostrando que o profissional desta área pode alcançar salários generosos com muita dedicação.  E até neste quesito os programadores brasileiros saem na frente, segundo Gustavo. "Somos  vistos como um dos melhores profissionais do mundo por causa do nosso esforço. Tem brasileiro trabalhando no Google, Facebook, Microsoft...", disse.

Gustavo Cunha ainda tirou a dúvida sobre a diferença entre Engenharia da Computação e Ciência da Computação: um trabalha com hardware e o outro com software. "E o que você consegue chutar é hardware. Software é o que você xinga", brincou.

Ao final da palestra, o programador ainda convidou seis alunos para participar do Alagoas Dev Day 2015, um evento sobre tecnologia que será realizado no dia 18/04 no auditório do colégio na Jatiúca.

Saiba mais sobre o Alagoas Dev Day 2015

Em Contato com o Mercado

No projeto "Em Contato com o Mercado", comandado pela psicóloga Samyra Rebêlo, os alunos do terceiro ano do ensino médio se informam sobre cursos e mercado de trabalho de diversas áreas em palestras com profissionais convidados. Na unidade Jatiúca, o encontro acontece sempre às quartas-feiras, no horário do intervalo. No Farol, o projeto acontece  às sextas-feiras, também no horário do intervalo. 

Comentários